Resenha: A mágica da arrumação, Marie Kondo

21 de março de 2016


Depois de ler o livro e colocar alguns passos em ação aqui em casa, consegui pensar numa listinha de 5 coisas que eu mais curti dos ensinamentos da Marie Kondo e 2 que eu ainda não consegui ou não estou com muita vontade de fazer.

1) Descartar antes de começar a organizar
Faz todo o sentido pensarmos que não tem porque organizarmos aquilo que não tem utilidade, que não nos serve ou não usamos. Marie propõe um descarte que pra nós reles mortais guardadores e acumuladores de plantão beira o radicalismo. E vocês vão entender bem ao ler o passo seguinte ;)

2) Mantenha o que te deixa feliz
Ela se diz contra todas as teorias organizadoras que já ouvimos por aí, do tipo: "comprou ou ganhou uma peça, doe outra", "doe ou jogue fora tudo aquilo que não usou no último ano" entre outras. O ponto fundamental para manter um objeto é pensar: isso me faz feliz? E propõe que peguemos cada roupa ou objeto por vez e reflitamos sobre ele. A ideia aqui não é selecionar o que vai embora e sim o que fica. Achei ousado ;)

Nesse item ainda destaco 2 pontos que li e sempre ouvimos ou falamos: "ah, mas essa roupa serve pra ficar em casa!" ou "ah, mas isso eu ganhei de fulano, não posso jogar fora..." Se te faz feliz guarde, se não te faz feliz ou mesmo se simplesmente não combina mais com você, é hora de passar pra frente!

3) Descarte/arrume por categorias 
Marie sugere a seguinte ordem para o descarte: roupas, livros, papeladas e objetos pessoais. E tem um porquê muito válido: começamos a descartar do mais simples para o mais difícil, ou seja, daquilo que temos menos apego emocional até aqueles que exigem maior desapego. Isso porque precisamos de preparo para observarmos com mais atenção aquela caixinha cheia de lembranças (fotos, tickets de cinema, cartas, cartões de natal, presentes dado por pessoas especiais mas que nunca usamos, entre outros). 

4) Organize por categorias e não cômodos
Uma vez que provavelmente tenhamos o mesmo objeto em vários lugares (ex: cortador de unha, lençóis, livros, canetas, etc) Marie propõe que separemos todos eles para que tenhamos a real dimensão de quantos objetos dessa categoria temos. E aí sim seremos capazes de descartar com mais propriedade, ao ter a visão do todo.

5) Objetos na vertical
Fui resistente a essa proposta dela, mas quando apliquei esse método na minha gaveta de blusas/camisetas, fiquei surpresa com a quantidade de espaço que sobrou. Fora a facilidade de visualizar e identificar cada peça. Ainda não consegui aplicar esse método nas calças (sou resistente à mudanças sorry) mas Marie sugere que guardemos dobradas praticamente todas as peças. Ficam de fora camisas, vestidos e outros que amassem muito ao serem dobrados. Extra: vídeo com passo a passo de como dobrar corretamente as roupas.

Ainda neste ponto da organização: colocar todas as roupas das mais claras para as mais escuras, das mais curtas para as mais compridas. Segundo ela isso traz uma sensação de paz! Isso eu já fazia, rá!

*Não consegui colocar em prática

Agradecer a todos os meus objetos
Marie agradece todo o objeto antes de descartar/doar e após cada uso antes de guardar. Tipo assim: "Obrigada por ter guardado tão bem meus pertences hoje bolsa". Acredito ser uma coisa mais cultural, oriental ou sei lá, mas não cheguei nesse nível não...

Fazer a arrumação toda de uma vez
Não consigo nem me imaginar fazendo uma revolução dessas em um dia só. Marie diz que só assim que conseguiremos fazer uma organização de verdade mas, gente, me conhecendo bem, antes fazer aos poucos do que nunca fazer haha :D

E vocês, já leram o livro? Qual parte mais te chamou a atenção? 

Mais do blog aqui: Facebook | Bloglovin | Youtube

Posts similares

comentários

  1. oi, oi.

    juro que quando eu conheci o livro, fiquei meio assustado pq as dicas dela são um pouquinho louca, mas que fazem todo o sentimento quando colocadas em prática. outro dia eu tava aqui em casa colocando as roupas do guarda-roupa pra fora e usando a tática do guardar só o que me fazia bem. quase que eu jogava todas as roupas fora. hahaha.

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. essa parte foi a que mais fez sentido pra mim também! guardamos tanta coisa apenas por guardar né?

      Excluir
  2. Acabei de comentar um post sobre esse livro! Eu to curiosa por ele há algum tempo, mas agora que vi essa parte de sentir a roupa e agradecer.. acho que não teria muita paciência, hahaha. Ainda bem que você resumiu pra mim a parte boa. :D <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mesmo achando algumas partes dele meio repetitivas eu acho que vale a pena ler pra se inspirar de verdade sabe? é bem curtinho, umas 90 páginas :D

      Excluir
  3. Oi Lorraine, corri lá para ver os vídeos de como dobrar as peças corretamente. Maaaassss... acho que dobrar as peças e deixá-las assim, em "pacotinhos" tão pequenos acaba amassando muito, não? Acho que com casacos ou suéteres pode até funcionar, pelo tecido ser mais grosso, mas camisas mais finas vão acabar ficando super marcadas, imagino. Enfim, tenho que tentar para ver se dá certo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu tentei com camisetas e blusinhas mais grossinhas e deu certo! as camisas ela indica pendurar :D

      Excluir
  4. Sou louca por ler esse livro, porque sou neurótica de arrumação.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. tem mt gente falando super bem desse livro! e eu to precisando mt me organizar melhor, minha vida ta virando uma zona, no geral, rs

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  6. Encomendei esse livro ontem!
    Pelo jeito vou gostar... já amei essas dicas!
    Ahh e realmente, agradecer ao objeto, não dá haha
    beijo

    ResponderExcluir
  7. Muito gente falando desse livro. Estou louca pra ler. Eu tenho usado alguns desses métodos há alguns anos e realmente funciona. O mais recente foi dobrar as roupas (igual ao do item 5) para arrumar o guarda-roupa. Uau, foi mágica.
    Arrumar tudo de uma vez não dá. Ou eu não durmo por dias hehe. E agradecer eu acho meio tosco, mas sei lá, vai de cada um. Eu não faria rs.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fui suuuper resistente a mudar minha forma de dobrar, mas a diferença foi gritante!!! hahahaha

      Excluir
  8. Eu tenho que fazer UM SUPER organização aqui. Temm várias coisas inúteis e concordo que a primeira coisa é jogar fora (ou doar) o que não queremos mais.
    As dicas são ótimas, principalmente para quando se mora sozinha.

    Beijos, Love is Colorful

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e é na hora de desapegarmos que a gente percebe o tanto de coisa que guarda sem precisar...

      Excluir
  9. Já li muita coisa sobre esse livro, mas não de forma tão útil e ~ aplicável ~ assim! Adorei! Tem muita dica legal, mas também sou resistente à mudanças e tenho aquela coisa de ter uma bagunça "organizada" haha!

    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nossa baguncinha a gente entende né Carol? :D hahah

      Excluir
  10. Que bacana esse texto. Achei super produtivo. Eu preciso me desapegar um pouco e ficar mais organizada. hehe
    Otimas dicas. Bjs
    Debora
    www.sisterlylove.com.br

    ResponderExcluir
  11. Entro no blog da Nicas e agora no teu e vocês duas falando desse livro de organização, acho que isso é um mega sinal do universo pra eu fazer uma revolução aqui nas minhas coisas HAHAHAHA xD
    Eu ouvi falar sobre esse livro no canal da jout jout e fiquei pensando se isso realmente iria me ajudar, parece ter umas dicas muito boas e por outra lado uma parte filosofica da coisa muuuito muiito.. talvez é porque não chegamos nesse nível hahaha pode ser essa a explicação!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahhh sim, o livro tem altas viagens também... e de certa forma dá umas enroladas boas! mas ainda assim acho que vale a pena :D

      Excluir
  12. Eu nunca li o livro más ele parece ser interessante. Gostei dessas 5 dicas que você separou, achei muito produtivo e eu acho que deveria colocar isto em prática e ler este livro também pois sou uma pessoa muito desorganizada, e guardo muitas coisas desnecessárias.

    Beijos.
    http://garotadeallstart.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Nunca li, mas conheço vários ensinamentos. Eu me orgulho de não ser uma acumuladora! Não guardo praticamente nada inútil. Se é algo fofo, em geral eu fotografo, e depois jogo fora, porque é muito mais fácil organizar várias fotos em um HD do que deixar um monte de papéis fotos em uma caixa. Mas ainda preciso melhorar muito a disposição das minhas roupas. Pretendo colocar essa ideia da vertical em prática muito em breve!
    Blog Vintee5 | Canal Vintee5

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aí sim Lu! :D eu não sou um nível hard de acúmulo de tralha, mas sou um nível café com leite forte ein? ainda guardo mais do que deveria.. haha

      Excluir
  14. Lo, fiquei super curiosa para ler mais afundo a obra! Adorei os tópicos abordados, dá para ir pondo em prática à nossa maneira, ajustando como for ganhando melhores encaixes nas nossas rotinas, mas são dicas super válidas, até para relermos mais de nós mesmo. Adorei a indicação!

    SEMQUASES.COM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É suuuper curtinho Vanessa, da pra ler em um fds de boooas :D

      Excluir
  15. Eu sofro da síndrome do esquilo, guardo tudo e não tenho coragem de jogar nada depois hahahaha.

    Preciso ler este livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tem um esquilinho aqui em casa então. O Rodrigo é bem assim! ahhahahaahaha

      Excluir
  16. Eu estou bem resistente ao livro, na verdade!
    Já li algumas resenhas e achei meio blá blá blá, sabe? Aquela velha história de já saber oq ue tem que ser feito, mas aí não fazemos! ahahahhaa
    Mas o livro tá uma frebre e eu acho que se ajudou tantas pessoas, já é válido

    =*
    Mani Piñeiro
    @Blog_ManiPineiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu também tava assim antes de ler! hahahaha não é nada revolucionário maaaaaaas... :DDD

      Excluir
  17. Tô louquinha por esse livro, mas até isso eu tenho procrastinado. Imagina na hora da arrumação rs :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olha vc me definindo! demorei mil anos p começar a ler tbm hahaha

      Excluir
  18. essa coisa de agradecer os objetos é total zen-não-vai-rolar-será-que-tem-alguém-me-vendo, né? hahahaha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nossa, nem cogitei fazer isso HAHAHHAHA

      Excluir
  19. Esse negócio de agradecer as coisas eu achei estranho no começo, no último capítulo já tava me enlouquecendo!!! As roupas dela são carentes demais!

    ResponderExcluir
  20. Já ouvi falar muito bem desse livro, mas ainda não li... inclusive, deveria, porque meu quarto tá uma zona e preciso descartar e organizar algumas coisas hahahahahahaha. Enfim, adorei todas essas dicas!

    Com amor,
    Steph • http://naoeberlim.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Olá Lô,

    Não conhecia o livro mas, adorei as dicas citas aí em cima.

    Um beijo,

    www.purestyle.com.br

    ResponderExcluir
  22. Estou aqui toda orgulhosinha me sentindo uma organizadora profissional porque sigo os 5 passos que você mencionou *-* Que lindo! E os dois que você não conseguiu eu entendo, hahahaha!
    Fiquei maluca pra ler esse livro... Deve ser incrível!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olha só!!! parabens :DD eu ainda preciso me ajeitar direito em organizar por categoria... ainda tenho muita coisa espalhada :(

      Excluir
  23. Lorraine, eu preciso muito mesmo fazer umas mudanças assim, só não sabia por onde começar rs gostei muito das dicas, mas confesso que algumas serão mais difíceis de colocar em prática.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  24. o importante é a gente começar ;) e não desanimar né? hahaha :**

    ResponderExcluir