3 motivos para conhecer Parque Burle Marx

4 de maio de 2017


Depois de 3 anos passando quase todos os dias ao lado do Burle Marx, finalmente fomos conhecer esse pequeno refúgio de calmaria e natureza em meio à Selva de Pedra. Ele não um lugar muito turístico, até porque fica meio distante do centro, mas quer saber, vale muito a pena tirar um tempinho e vir conhecer ;) 

Curtir a natureza

Com uma fauna e flora riquíssima (remanescente da Mata Atlântida), o maior objetivo do parque é aproximar a população da natureza. E justamente por ser um espaço de preservação ambiental, existem algumas restrições no Burle Marx.


...e de bônus, apreciar algumas obras em meio a natureza!  



Observações importantes:

1) Fotografia/filmagem: é liberada a fotografia da fauna e flora e no caso de ensaios fotográficos pessoais ou comerciais,  é necessária autorização prévia. 
2) Picnic: liberado com ressalvas: apenas grupos de até 5 pessoas, sem decoração festiva (balões, bandeirinhas). 
3) Animais: proibido a entrada de animais domésticos :( 
4) Bicicletas/Patins/Bolas: proibida a prática desses esportes. Somente crianças de até 9 anos podem brincar com bolas de plástico, patinete e bicicleta com aro até 16, com uso moderado. 


Fazer trilhas sem sair de SP

Em meio a uma mata fechada, a gente consegue até esquecer que ainda está dentro de SP. Os prédios somem, o ar fica mais leve e em meio ao canto dos pássaros e sendo surpreendidos por lagos, flores e um clima delicioso, a gente fez sem pressa as 3 trilhas em +-1h de caminhada tranquila.

Detalhes: A trilha "A - dos lagos" possui 350m, e é aconselhada para iniciantes por ser mais plana. A trilha "B - da nascente" possui 850m, e possui o declive leve. Já trilha "C - dos macacos" possui 1.050m e é aconselhada para pessoas com bom preparo físico por apresentar alta declividade.


Descobrir novas delícias no mini Food Park

O espaço do Food Park é pequeno, mas com opções bem bacanas. Nesse final de semana especificamente, tinha hot dog, crepes, burgers, macarrão e um trailer vegetariano/vegano que foi a nossa escolha.  

Não sou vegetariana, mas tô curtindo deixar a carne um pouco de lado e me surpreender com novas opções e sabores. Meu hambúrguer foi vegano, numa misturinha de pesto de manjericão com um mix de berinjela. Rodrigo foi num X-Salada vegetariano, bem gostoso também ;) aprovadíssimo! 


Uma tarde bem gostosa com sensação de nem estar na capital por algumas horinhas <3

Parque Burle Marx
Av Dona Helena de Moraes 200, São Paulo - SP
como chegar: de carro e transporte público.  

Posts similares

comentários

  1. Olá, Lolô!
    Que lindeza de parque menina. Sempre tive vontade de conhecer esse lugar.


    Big Beijos,
    Lulu
    BLOG | YOU TUBE

    ResponderExcluir
  2. Esse parque ficou na minha lista de afazeres em SP que não consegui completar. Tinha muita vontade de conhecer, ainda mais porque o paisagismo promete, né. Burle Marx em si era um super paisagista, e eu imagino que o parque que carrega seu nome honre seu legado. As fotos estão lindas, e quem sabe numa ida minha eu finalmente tiro esse passeio do papel... Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Quando comecei a ler o post fiquei me perguntando em que país seria esse parque (talvez por causa do nome). A gente não acredita quanta beleza tem à nossa volta, aqui pertinho...

    Fiquei louca pra fazer essa trilha, a A né, por questões óbvias rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha que nada, da p fazer pelo menos as duas primeira de boas ;)

      Excluir
  4. Eu adoro Burle Marx! Aqui perto de BH tem o Inhotim, o museu de arte contemporânea, e o paisagismo dele é indecente, de brilhar os olhos o tempo todo!
    Não sabia que tinha esse parque em SP mas já fiquei querendo conhecer...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muuita vontade de conhecer Inhotim <33

      Excluir
  5. Que frustração terminar o post com esse sanduíche! Fiquei com fome real e olha que nem curto muito comidas vegetarianas, hahaha. Mas olha, como é que eu nunca nem tinha ouvido falar desse lugar, gente? Muito fofinho pra passar uma tarde tranquila. ♡ Já tô anotando pra das próximas vezes que eu voltar a Sampa! Tem várias restrições pelo o que você disse, mas acho que vale a pena, só para curtir mesmo de um jeito despretensioso. :) E adorei o blog de vocês! ♡ Até mais

    ResponderExcluir
  6. Que fotos lindas! Adoraria conhecer *-*

    Beijão, mariasabetudo

    ResponderExcluir
  7. Eu acho que nunca fui visitar esse parque.. mas adorei o que vc mostrou, Lorraine! Que lugar adoravel, já fui conquistada pelas trilhas e pela opção de comida vegana! Adorei :)

    ResponderExcluir
  8. Ai, que passeio maravilhoso *-*
    Eu amo lugares mais arborizados, e achei lindo o banco de tronco de madeira <3.
    Queria que tivesse mais natureza aqui também.

    Com amor,
    Bruna Morgan

    ResponderExcluir
  9. nem sabia que tinha trilhas dentro desse parque, que legal! quero muito conhecer ♥♥♥

    ResponderExcluir
  10. Que curioso, até trilha tem nesse parque (: Pelas fotos, parece ser muito bonito.

    Beijos, Vickawaii
    http:/www.neverland.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Lorraine, tudo bem?
    Amei a dica, e achei o lugar maravilhoso *-* Deve ser uma ótima alternativa pra escapar um pouco daquele visual cheio de prédios.
    abraços,
    Amanda Almeida
    http://blog.amanda-almeida.com.br/

    ResponderExcluir
  12. sim, parece até que saimos de sp por um tempo ;)

    ResponderExcluir