3 documentários que me fizeram ver que a gente não sabe de nada

24 de julho de 2017

Esses últimos dias assisti alguns documentários sobre alimentação e eles levantaram tantos questionamentos que achei que valeria a pena estender a conversa por aqui. A gente acaba sendo tão influenciado pela indústria, que muitas vezes aceitamos tudo sem ao menos saber o que está na comida que compramos no supermercado.



Fed Up 

Esse documentário de 2014, fala sobre o aumento absurdo de problemas de saúde e obesidade infantil  nos EUA e a influência da indústria nesse processo. Enquanto ia assistindo ia ficando cada vez mais chocada com o poder das grandes companhias e o tamanho da influência delas sobre as nossas escolhas. Seja através de propagandas massivas em todos os meios de comunicação ou seu poder sobre a política, influenciando até mesmo a criação de novas leis.

Ou você acha que a indústria é boazinha e só quer seu bem estar? Não. Ela quer lucro e isso vem através do seu consumo. Então pouco importa a quantidade de açúcar que ela coloca em praticamente todo alimento industrializado, desde que ela consiga te convencer a querer comprar. Isso serve para gerar lucro tanto no agronegócio, quanto para as elas. 

Particularmente fiquei chocada com o fato de que redes de fast food tem acesso liberado em grande parte das escolas dos EUA. Imagina só esse círculo vicioso infinito: a criança vê o fast food tal na TV, o amiguinho compra e fala o tanto que o fast food tal é maravilhoso e o fast food tal é uma das opções de almoço na sua escola. Em que mundo ele vai conseguir trocar o hambúrguer/pizza pela comida mais saudável? 

Cowspiracy 

Eu já tinha uma ideia do impacto da agropecuária no ambiente, só não imaginava que fosse tão grande. Destruição e consumo desenfreado são apenas a pontinha do iceberg. 

Muito embora algumas questões levantadas no documentário tenham seus dados sendo discutidos por uma única vertente (meu lado científico que questiona todas as pesquisas falou mais alto aqui), acho a discussão valiosíssima. Poder pensar um pouco mais a respeito da comida que a gente come e ver que nossos hábitos alimentares podem ser sim destrutivos gerou uma discussão muito boa por aqui. 

Inclusive, eu acho que a essa discussão que o filme provoca foi a melhor parte dele! Até porque ele é bem enfático em dizer qual seria a solução para esse impacto todo e essa resposta não vai de acordo com o pensamento da grande massa! 

What the Health

Depois de ter assistido os dois primeiros, esse documentário apareceu nas minhas indicações da Netflix e lá fui eu assistir. Praticamente uma continuação de Cowspiracy, What the Health (2017) também é dirigido por Kip Andersen.

Esse filme, é um misto dos dois anteriores, trazendo o elo entre a alimentação, a influência da indústria e seu impacto na saúde da população. Um prato cheio para os que desejam entender melhor o movimento vegano!


E a minha opinião após tudo isso? 

Na verdade pouco importa minha opinião, o mais importante é que esses documentários tem o poder de nos ajudar a não apenas seguir a nossa alimentação no modo automático, da forma que fomos criados (e influenciados) a fazer e sim, a fazer nossas escolhas com mais consciência. Mas seja crítico, inclusive com esses filmes, pesquise e leia mais sobre o assunto.

Me propus a ficar uma semana sem carne e percebi que ela não me faz tanta falta assim. Fora que ao sair da minha zona de conforto, acabei me deparando com muitas outras coisas que eu ainda não tinha experimentado e que foram uma bela surpresa (oi PVT e suas variáveis!). Acabei a primeira semana numa boa, e comecei a segunda. Quero fazer minhas escolhas em paz, seja passando um tempo sem carne, seja optando por comer um hambúrguer.

Alimentos super processados eu já diminui bastante nos últimos tempos e o açúcar tenho conseguido cortar com muito mais facilidade. Incrível como depois que a gente vai diminuindo o açúcar, a gente acaba não sentindo nenhuma falta.

O que eu sei é que eu peço desculpas a todos os amigos vegetarianos/veganos se algum dia fui inconveniente com vocês. Já tô sentindo de leve o que é não colocar uma carne no prato na hora do almoço haha


E vocês, o que pensam disso tudo? Tem mais algum documentário nesse estilo para me indicar? Ou receitinhas delicinhas para recomendar? :D

Posts similares

comentários

  1. Quando eu estava no colégio, assistia muitos docs assim, principalmente nas aulas de Sociologia - e amava! Mas não lembro dos nomes deles. Acho tão interessante. Amei saber desses <3


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. docs não foram o forte da minha educação escolar, fui conhecer mais depois de adulta mesmo e adoro! aprendo demaaais com eles!

      Excluir
  2. what a health ja ta na minha lista do netflix, eu adoro ver esse tipo de documentario, tanto que sou vegetariana, "a carne é fraca" é daqueles documentarios que mudou minha vida

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ainda tenho alguns na lista, depois que a gente começa a vontade de entender e aprender mais só aumenta :D

      Excluir
  3. Eu amei o fed up, os outros não vi
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. pra te falar a verdade, carne é uma coisa que não me faz falta, como raramente. já tinha ouvido falar desses documentários, ainda não assisti, mas pretendo.

    ResponderExcluir
  5. que post mais maravilhoso! eu amo esses docs que fazem a gente repensar nossas escolhas, assisti 'embrace' esses dias e indico demais (fala sobre peso e padrões da sociedade sobre isso). todos esses que falou no post estão na minha listinha pra assistir, vou tentar ver fed up hoje mesmo, haha.

    ResponderExcluir
  6. Esses documentarios sao otimos, mas para ser sincera as vezes eu prefiro nao assistir para nao saber, entende? Infelizmente tem muita coisa ruim e errada por ai. Eu procuro comer alimentos saudaveis e organicos.. mas a parte triste, principalmente morando nos EUA, e que junk food e mais barato que comida saudavel. Entao nao e sempre que a gente tem condicoes de fazer escolhas saudaveis! :(

    www.deboradahl.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é, preço infelizmente é decisivo para muitos né? :\

      Excluir
  7. Não conhecia nenhum dos três, mas fiquei bem interessa em assistir. Bom saber mais sobre esses assuntos e abrir os olhos para tanta coisa ruim e errada que acaba acontecendo

    Dani Ramos
    http://donaengenhosa.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Já adicionando na lista para assistir!

    ResponderExcluir
  9. Olaa! Tudo bem?
    Eu queria muito ver esse tipo de documentário e acho que vou pegar essa sua dica para começar por esses três. Acho não apenas uma discussão, mas uma reflexão valiosa. De vez em quando, eu tento diminuir o consumo de carne, mas acho que talvez falte é esse tipo de informação aí para eu colocar a mão na consciência e no self service..
    beeijo

    https://lecaferouge.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Acho importante assistir esses documentários e pensar com mais responsabilidade no impacto da nossa alimentação no mundo. Mas também acho importante, como você mesmo destacou, também ser crítico em relação às informações passadas nos filmes, pesquisar muito (sempre!).

    Um beijo :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, não dá pra gente formar nossa opinião sabendo somente um lado da coisa né?

      Excluir
  11. Olá!! Que saudade que eu estava de vir no seu blog ver posts assim.
    gostei demais de saber desses documentários, agora que estou com muito tempo livre estou organizando para ver documentários e colocar a leitura em dia.
    Vou seguir as dicas.
    beijos.

    www.meumundosecreto.com.br

    ResponderExcluir
  12. estou pra assistir os dois últimos e agora vou botar o primeiro na listinha também! Preciso me organizar pra conseguir assistir essas coisasssss. É muito bom e importante quando não vegans têm acesso à esse tipo de conteúdo, principalmente a população mais pobre que infelizmente e geralmente não têm Netflix =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é, infelizmente a gente ainda tem um longo caminho para podermos dizer que a informação e o conhecimento é acessível a todos :(

      Excluir
  13. Que indicação importantíssima!!! Eu acho que essas produções acabam sendo bem esclarecedoras, mas como você destacou, mesmo assim é preciso pesquisar sobre o assunto e não ir aceitando tudo como a grande verdade.

    Eu venho melhorando pouco a pouco a minha alimentação (inclusive já melhorei os meus níveis de colesterol que estavam desregulados).

    É importante pensar um pouquinho antes de consumir, até que essas substituições se tornem naturais.

    Beijos ♡
    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
  14. sim, se a gente vai mudando aos poucos, os bons hábitos acabam virando rotina :D

    ResponderExcluir